Header Ads

ad

Antes do ataque igreja no Sri Lanka, crianças teriam afirmado estarem prontas para morrer por Cristo

Antes do ataque igreja no Sri Lanka, crianças teriam afirmado estarem prontas para morrer por Cristo 

Segundo o influenciador digital Hananya Naftali , esta foto registra a celebração na Igreja Zion, antes dos ataques no Sri Lanka

Um relato surpreendente relacionado aos ataques terroristas a igrejas e hotéis no Sri Lanka tem causado comoção. Segundo uma sobrevivente, que é professora da Escola Dominical da Igreja Zion em Batticaloa, afirma que cerca de cinco minutos antes da explosão da bomba na Celebração da Páscoa do último dia 21, crianças na classe infantil faziam uma confissão de fé, declarando que estavam prontas para morrer por Cristo. 

As informações são do influenciador digital israelense, Hananya Naftali, que afirma ter tido contato com organizações missionárias no Sri Lanka após os ataques. Segundo ele, Caroline Mahendran, professora da Escola Dominical na igreja, relatou que apresentava em sua aula o verdadeiro significado da páscoa, que envolve o sacrifício de Cristo, sua morte e ressurreição em favor de seu povo. 

“Perguntamos às crianças: ‘Quantos de vocês estão dispostos a morrer por Cristo?’ Todos levantaram suas mãos. Minutos depois, eles [os terroristas] chegaram ao culto principal e a explosão aconteceu. Metade das crianças morreu no local”, teria dito Caroline, emocionada, segundo Hananya. 

Mais de 300 pessoas foram mortas e outras 500 ficaram feridas no ataque a bomba que teve como foco três igrejas cristãs e hotéis. O grupo jihadista Estado Islâmico reivindicou a autoria do massacre. Quarenta suspeitos de ter alguma relação com o ataque de domingo foram detidos, mas nem todos os suspeitos foram identificados. 

Fonte: The Christian Post 


Nenhum comentário