Pregador é preso em Londres por evangelizar em metrô

Pregador é preso em Londres por evangelizar em metrô 


Os policiais alegaram que o homem foi denunciado por "islamofobia", após ele discutir com um jovem muçulmano (foto: Divulgação)


Um pregador de rua negro, foi preso em Londres, enquanto pregava o Evangelho na entrada da Estação de Metrô Southgate. De acordo com um porta-voz da Polícia Metropolitana, ele acusado de “perturbação da paz”. O incidente aconteceu no fim do mês de fevereiro e divulgado esta semana pela Missão Portas Abertas. 

Segundo uma testemunha ouvida pelo site Barnabas Fund, antes da chegada da polícia, o pregador estava sendo confrontado agressivamente por um jovem, aparentemente muçulmano e com cerca de 20 anos, vestindo um capuz. Este apresentava comportamento agressivo a respeito da Bíblia e Deus, chegando a ameaçar o pregador, com os punhos cerrados. 

Quando a polícia chegou para interrogar o pregador, os agentes alegaram que houve uma queixa de “islamofobia” contra ele. O jovem fugiu da cena assim que a polícia apareceu. Um oficial chegou a dizer ao idoso que ele deveria ir embora, pois estava “perturbando as pessoas”. O pregador respondeu: “Eu não irei embora porque preciso lhes contar a verdade. Jesus é o único caminho, verdade e vida ”. 

O vídeo que viralizou nas redes sociais de Londres sobre o incidente mostra um homem da polícia dizendo que o idoso deveria “parar de pregar”. Durante a abordagem, o pregador pediu pacificamente a dois policiais - brancos – que não tirassem sua Bíblia. Um oficial pode ser ouvido respondendo "Você deveria ter pensado nisso antes de ser racista [sic]". 

O vídeo da prisão do pregador se tornou viral em países da África Ocidental, como Gana e Nigéria, com cerca de 2,4 milhões de visualizações.


Com informações de: Portas Abertas/ Barnabas Fund

Postar um comentário

0 Comentários