Rede cristã de fast-foods se torna a 3º maior dos EUA

Rede cristã de fast-foods se torna a 3º maior dos EUA

A rede Chick-fil-A teve um faturamento de 10,46 bilhões de dólares, em 2018 e só perde para as gigantes McDonalds e Starbucks. 

Uma rede de restaurantes que tem como missão corporativa "glorificar a Deus" é aoficialmente a terceira maior do ramo nos Estados Unidos. A Chick-fil-A subiu do 7º para 3º lugar no ranking mais recente da Nation's Restaurant News (NRN), depois de ter 10,46 bilhões de dólares em vendas totais em 2018. 

À frente do empreendimento estão os gigantes McDonald's (38,52 bilhões de dólares) e Starbucks (US $ 20,49 bilhões). O Chick-fil-A teve que passar pela rede Subway para pegar alcançar o terceiro lugar. 

Este foi o quinto ano consecutivo para a Chick-fil-A registrar um ganho de vendas de dois dígitos, de acordo com a NRN. A rede cristã de alimentos cresceu 16,7% em 2018. 

A empresa foi fundada por Truett Cathy, um empresário cristão que incorporou sua fé nas práticas da empresa. Cathy decidiu não abrir o restaurante aos domingos, algo que é praticado até os dias de hoje. 

"Apesar de estar fechado aos domingos, as vendas estimadas por unidade da Chick-fil-A atingiram US $ 4,6 milhões, um aumento de 9,6% em relação aos US $ 4,2 milhões no ano anterior", disse a NRN. 

Desde a sua fundação, a empresa jamais abriu as portas no domingo, para que todos aproveitassem para se dedicar à Deus

No site da empresa, há a seguinte afirmação: “Tendo trabalhado sete dias por semana em restaurantes abertos 24 horas, Truett viu a importância de fechar aos domingos para que ele e seus funcionários pudessem reservar um dia para descansar e adorar se escolhessem - uma prática que defendemos hoje”. 

Além disso, a empresa apresenta como seu objetivo corporativo oficial “glorificar a Deus, sendo um mordomo fiel de tudo o que é confiado a nós e ter uma influência positiva sobre todos os que entram em contato com Chick-fil-A”. 

Fonte: Christian Headlines

Postar um comentário

0 Comentários