Header Ads

ad

Apesar da ameaça de coronavírus, cultos em igrejas do Kentucky serão mantidos

Governador do Kentucky, Andy Beshear, conversou com algumas igrejas sobre o cancelamento de atividades. Em vão | FOTO: Arquivo Pessoal/Facebook

Algumas igrejas, incluindo congregações batistas do sul de Kentucky, dizem que não têm planos de fechar a porta em meio à pandemia de coronavírus, apesar de um pedido do governador democrata Andy Beshear pedindo que as casas de culto fechem temporariamente para ajudar a impedir a propagação da comunidade do vírus mortal.

"Sabemos que isso é disseminado pela comunidade e precisamos chegar à frente", disse Beshear em comunicado sobre o vírus . "É importante que todos estejam calmos, pratiquem boa higiene e reduzam o risco de exposição para si e para os outros."

O diretor-tesoureiro executivo da Convenção Batista do Kentucky, Todd Gray,  disse que, apesar do pedido do governador, muitas de suas igrejas planejam permanecer abertas enquanto tomam medidas para limitar a disseminação comunitária do vírus.

"Parece que a maioria dos líderes da igreja Batista do Kentucky está planejando continuar com seus cultos regulares, a menos que as coisas mudem entre agora e domingo", disse Gray. "Vários pastores batistas de Kentucky pedirão precauções adicionais, pedindo aos doentes que fiquem em casa e aos que estão preocupados em ficar à vontade para também ficar em casa".

Fonte: The Christian Post


Nenhum comentário