Nova versão de "Cinderella" nos cinemas terá fada madrinha "sem gênero definido"

A nova "fada madrinha" será vivida pelo ator e cantor Billy Porter | FOTO: Elle


O próximo remake da história clássica Cinderela, nova aposta Sony em termos ideológicos, é inserir uma fada madrinha “sem gênero” definido e que será interpretada pelo ator e cantor Billy Porter. A cantora Camila Cabello será a personagem principal. 

Porter, que é homossexual, disse à CBS News que o filme da Sony em 2021 será um "conto de fadas clássico para uma nova geração". "Me ocorreu quando eu estava no set na semana passada, o quão profundo é que eu estou interpretando a Fada Madrinha - eles chamam de Fab G", disse . 

E completou: “Magia não tem gênero. Estamos apresentando esse personagem como sem gênero - pelo menos é assim que estou interpretando. E é realmente poderoso”, ressaltou o cantor. 

Já prevendo a polêmica em torno do filme e da temática LGBTQ+ da história, Potter declarou que a atual geração está pronta para receber esse tipo de conteúdo. “Acho que a nova geração está realmente pronta. As crianças estão prontas. São os adultos que estão desacelerando as coisas".  

A Disney lançou sua própria versão live-action da Cinderela em 2015, mas a versão da Sony provavelmente será muito diferente. A proposta é fazer uma “comédia musical” que “reimagina a história tradicional da Cinderela, na qual nossa heroína é uma jovem ambiciosa cujos sonhos são maiores do que o mundo permitirá”. 

Fonte: Christian Headlines

Postar um comentário

0 Comentários