Header Ads

ad

"Bolsonaro deve apoiar irmão Mandetta", diz grão-mestre da Maçonaria

Ministro Mandetta, ladeado por seus irmãos de ordem |FOTO: Divulgação

O grão-mestre do Grande Oriente de São Paulo (Gosp), federação de lojas maçônicas de São Paulo, o advogado Raimundo Hermes Barbosa disse ao portal Uol que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta é um membro da organização e, segundo ele, deveria receber mais apoio do governo federal. 

Barbosa disse ainda que o presidente Jair Bolsonaro é um líder e tem muitos admiradores, mas "não pode conduzir seus admiradores para uma armadilha que coloca em risco a vida deles" e não deveria conclamar as pessoas a saírem do isolamento social. Para o advogado, o isolamento social é a medida mais recomendada hoje e "o momento não é de disputa política, mas de disputa solidária". 

“Mandetta, irmão de nossa Ordem Maçônica de Mato Grosso do Sul, precisa de mais apoio do governo, pois o da população já tem”, diz Barbosa, que na entrevista ainda teceu elogios à atuação de João Doria, governador de São Paulo, na crise atual. 


O grão-mestre maçom do GOSP (Grande Oriente de São Paulo), o advogado Raimundo Hermes Barbosa |FOTO: Reprodução/TV Gosp



Vale lembrar que grande parte da maçonaria apoiou a campanha de Jair Bolsonaro, em 2018. Além de Mandetta, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, é outro membro do governo que é membro da ordem. Outros apoiadores de Bolsonaro, como a deputada federal Carla Zambelli, também tem envolvimento com a organização (inclusive, esta se casou com um membro, dentro de uma loja maçônica).

Fonte: UOL/ Senso Incomum

Nenhum comentário