Bolsonaro é denunciado em Tribunal Internacional por "expor cidadãos ao coronavírus"

A ação considera que o presidente é responsável por expor a vida de cidadãos brasileiros com ações concretas que estimulam o contágio e a proliferação do vírus Covid-19 |FOTO: Marcelo Camargo/ABr

O presidente Jair Bolsonaro é alvo de uma ação (íntegra) no Tribunal Penal Internacional por conta de sua atuação na crise do coronavírus. A denúncia é movida pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia.

Foi solicitado ao tribunal que instaure procedimento jurídico para investigar a conduta de Bolsonaro. A ação considera que o presidente é responsável por expor a vida de cidadãos brasileiros com ações concretas que estimulam o contágio e a proliferação do vírus Covid-19.

A motivação para a denúncia também envolve o incidente em que, durante as manifestações favorável ao Governo em 15 de março, o presidente cumprimentou diversas pessoas, dois dias após ter sido descartada a contaminação por coronavírus. 

Além disso, no último domingo (29), Bolsonaro foi às ruas de Ceilândia (DF), onde falou com comerciantes. É a segunda vez que o presidente é alvo de representação no Tribunal Penal Internacional. A primeira vez foi em novembro de 2019, quando foi denunciado por promover ataques aos povos indígenas.

Fonte: Congresso em Foco

Postar um comentário

0 Comentários