Curva de expansão do Covid-19 no Brasil é mais baixa que nos EUA e na Europa, diz Ministério da Saúde

Porém, o padrão de crescimento da doença no Brasil é semelhante à da Itália |FOTO: Agência Brasil 

Na apresentação do Boletim Epidemiológico desta terça-feira (7), o Ministério da Saúde informou que o Brasil tem atualmente uma curva de expansão dos casos de coronavírus mais baixa do que a de alguns países europeus e a dos Estados Unidos. A curva de casos confirmados é também mais baixa que a de Itália, Alemanha, Espanha e EUA. 

A linha que acompanha o avanço no número de mortes por Covid-19 no país só não é mais baixa que a da Alemanha. O gráfico, que foi apresentado pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, mostra o desempenho de cada país nos primeiros 25 dias desde a confirmação do primeiro caso. 

“Só estamos perdendo para a Alemanha. Provavelmente, nós não vamos conseguir ter a mesma performance da Alemanha, por várias razões, porque eles têm uma capacidade muito melhor que a nossa, têm uma situação socioeconômica muito melhor que a nossa. Mas nós estamos muito melhor que os outros países europeus. Então, não dá para a gente achar que as coisas aqui vão ser as piores do mundo”, disse o secretário.




Porém, apesar de ter a menor curva de expansão, o padrão de crescimento da doença no Brasil é semelhante à da Itália, que já conta até o momento com 132.547 casos confirmados de Covid-19 e 16.573 mortes. Por aqui, são 13.717 casos confirmados e 667 mortes, de acordo com último relatório do Ministério da Saúde. 


Fonte: Gazeta do Povo 

Postar um comentário

0 Comentários