Header Ads

ad

Em prisão domiciliar por se opor a isolamento social, pastor agora deve usar tornozeleira eletrônica

Tony Spell já teve outras passagens pela polícia por se envolver em confusões relacionadas ao trânsito |FOTO: Chris Graythen

Um pastor de Central, no Estado da Loisiana, foi preso pelas autoridades policiais após ter se recusado a adotar o isolamento social em sua igreja como medida de prevenção ao coronavírus. Agora, ele encontra-se em prisão domiciliar e deve usar tornozeleiras eletrônicas. 

Tony Spell, que lidera a Igreja do Tabernáculo da Vida, teve que celebrar um culto enquanto usava a tornozeleira, no último domingo (26). Na sexta-feira (24), o juiz distrital Fred Crifasi determinou a Spell que cumprisse as ordens estaduais, limitando o número de pessoas que podem se reunir em um só lugar ao mesmo tempo. 

Esta não é a primeira vez que Spell aparece nas notícias. A polícia de Central, perto de Baton Rouge, emitiu um mandado contra o pregador na segunda-feira passada (20), acusando-o de manobrar perigosamente um grande ônibus da igreja, quase atingindo um manifestante. Logo, Spell foi preso e transportado para a prisão paroquial de East Baton Rouge.

O advogado do pastor, Joseph Long, disse à NBC News na ocasião que não era intenção de seu cliente atingir o manifestante nas proximidades. No entanto, Spell foi acusado de "agressão agravada" e "apoio impróprio". O Departamento de Polícia de Central observou que o pastor "também era um fugitivo com mandados de trânsito pendentes na cidade de Zachary e na paróquia de East Baton Rouge".

Fonte: Faithwire

Nenhum comentário