Mãe do pastor Anderson do Carmo, assassinado no Rio, morre de infarto em São Paulo

Edna do Carmo, no dia do enterro do filho: ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu |FOTO: Gilvan de Souza/Jornal O Dia

Após nove meses do assassinato do Pastor Anderson do Carmo, em Niterói, sua mãe, Edna do Carmo, morreu de infarto por complicação da diabete, em São Paulo. O anúncio da morte foi feita pelo vereador de São Gonçalo, Wagner Andrade (MDB), mais conhecido como Misael, filho de Anderson e da deputada federal Flordelis (PSD).

Na postagem, Misael afirma que após perder Anderson, a diabetes de Edna ficou descontrolada e na madrugada desta quarta-feira (8), ela teria tido um pico de glicose.

“Em sua vida, contrariamente à ordem natural, ela enterrou dois filhos em um curto espaço de tempo. E hoje, pouco mais de nove meses após enterrar o primeiro filho morto e ver sua diabete descontrolar em virtude da dor, ela não suportou e nos deixou durante a madrugada, após sofrer um elevado pico de glicose.”, disse Misael.

Cinco meses após o assassinato de Anderson, Michelle do Carmo, filha mais nova de Edna, também morreu. Edna chegou a acusar a ex-nora, a deputada federal Flordelis, de envolvimento no assassinato de seu filho Anderson. O caso ainda segue em investigação.

Fonte: Conexão Política 

Postar um comentário

0 Comentários