Brasil está em 1º lugar em número de recuperados da covid-19

Ernando Piveta, Ex-combatente da FEB, de 99 anos, recebeu alta em abril deste ano |FOTO: CB Estevam

O Brasil ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o país com maior número de pessoas recuperadas do coronavírus chinês no mundo, informa Johns Hopkins. Universidade tem monitorado a pandemia do novo vírus chinês em parceria com órgãos equivalentes ao Ministério da Saúde em todos os países.

O painel da Johns Hopkins mostra, no momento da reportagem, que o Brasil contabiliza 679.524 pacientes recuperados, enquanto os Estados Unidos somam 663.562. A Rússia está em terceiro lugar e registra 383.524 pessoas que foram contaminadas, mas não apresentam mais sintomas da doença.

Lançado em 22 de Janeiro de 2020, o painel dinâmico mantido pela universidade recebe dados médicos de todos os 188 países signatários da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de vários centros secundários de atendimento médico. Os números são atualizados constantemente.

“A disponibilidade de dados epidemiológicos precisos e robustos em uma epidemia é um guia importante para decisões sobre saúde pública. O arquivamento consistente de informações é importante para entender a transmissibilidade, o risco de alastramento geográfico, as rotas de transmissão e os fatores de risco“, afirma o artigo científico que explica o funcionamento da ferramenta, publicado na revista médico-científica britânica The Lancet.

O Painel da Universidade Jhons Hopkins informa ainda que o estado de São Paulo é o segundo mais afetado pela doença no mundo. Até esta sexta-feira (26), são 248.587 casos confirmados. No primeiro lugar está Nova York, que conta com 391.220 pessoas contaminadas.

Fonte: Agência Brasil 

Postar um comentário

0 Comentários