Header Ads

ad

Em um ato de honra, cristãos e líderes comunitários lavam pés de organizadores de protestos negros da Carolina do Norte

O ato teve como objetivo mostrar que é possível se manifestar contra o racismo de forma ordeira, pacífica e respeitosa |FOTO: Divulgação/ Love Wins Ministry

Cristãos e manifestantes pacíficos se reuniram no último sábado (6) em Cary, Carolina do Norte, para demonstrar que não há divisão racial entre os que estão em Cristo. Em um ato de honra aos que, legitimamente, estão lutando em favor de menos discriminação, membros de comunidades cristãs lavaram os pés dos manifestantes.  

O pastor Soboma Wokoma e sua esposa, Faith Wokoma, da Legacy Center Church, foram os idealizadores do ato, enquanto oravam pelo fim do racismo. Apesar dos violentos protestos ocorridos em todo o país, a proposta dos líderes foi justamente a de uma ação completamente diferente do que tem sido visto na mídia e nas redes sociais. 

Shara e Daniel Chalmers, do Love Wins Ministry, estavam pregando em Ashville quando George Floyd foi morto. Ela disse à CBN News que Deus lhe deu uma visão específica, de que Ele uniria a nação.

"Fiquei perturbada e continuei tendo visões do Dr. Martin Luther King Jr. e da unidade que ele fazia, ligando braços, irmão a irmão, enquanto cantavam nas ruas de Washington, DC: 'Vamos Superar'", explica a missionária.

Chefes de polícia das cidades de Morrisville, Apex e Cary participaram respeitosamente da lavagem dos pés, juntamente com o prefeito de Cary, Harold Weinbrecht.

"Dois chefes de polícia cristãos queriam fazer parte da lavagem dos pés e o Dr. Faith optou por fazê-lo nas etapas da delegacia como um sinal profético de que a autoridade e os líderes irão modelar o que Jesus fez, que era a liderança servil", Shara disse.

Shara expressou a importância dos cristãos, independentemente da cor, mostrarem unidade após as tensões raciais.

"Esta é a maior hora da igreja. Não podemos perder nosso momento de nos tornarmos a resposta para acabar com a escravidão, que é o amor. Servir aos pés de nossos irmãos e irmãs - de pé na brecha quando há policiais. Temos que levantar, brilhar e modelar o mensagem ", concluiu.

Fonte: CBN News

Nenhum comentário