Cristãos ortodoxos na Austrália são multados por descumprir normas sanitárias durante culto

Mais de 16 mil dólares em multas foram aplicadas contra os fiéis que descumpriram as normas da cidade |FOTO: Larissa Minniecon

Membros da Igreja Ortodoxa Sérvia de São Jorge foram multados em mais de US $ 16.000 por violar as restrições do coronavírus neste domingo (26), segundo informa o portal Eternity News. Os paroquianos da igreja, localizados em St Alban's, nos subúrbios ocidentais de Melbourne, receberam dez multas no total quando os policiais os encontraram participando de um culto na igreja.

As restrições atuais do estágio três proíbem todos os cultos da igreja, exceto os funerais, onde dez pessoas são permitidas, e os casamentos, onde cinco pessoas são permitidas. O pároco Borislav Petrovic confirmou que as multas foram emitidas em sua igreja e pediu desculpas, dizendo que achava que cinco pessoas eram permitidas na igreja.

A igreja estava realizando um culto para celebrar a sinaxia do Arcanjo Gabriel. Petrovic disse que pretendia permitir que apenas um ou dois paroquianos entrassem e acendessem velas. O clérigo ortodoxo disse que um homem posicionado nos portões da igreja deveria impedir que outros fiéis entrassem no prédio, mas infelizmente ele deixou o cargo.

Os paroquianos de St George não foram os únicos Melbournians que receberam multas por não cumprirem as restrições de saúde ontem. No total, a polícia emitiu 152 multas, levando as multas totais do estado para 1690 desde 8 de julho.

Fonte: Eternity News

Postar um comentário

0 Comentários