Em respeito a fãs evangélicos, jogador pede para não ser mais chamado de "Capetinha"

Segundo o jogador, o apelido tem impedido fãs evangélicos de lhe seguir nas redes sociais |FOTO: Moacyr Lopes Junior/Folhapress

Por causa do estilo irreverente e driblador, Edílson ficou conhecido como "Capetinha". O apelido o acompanhou por quase toda a carreira. Hoje, fora dos gramados, o comentarista do programa "Os Donos da Bola", da Band, não quer mais a alcunha endiabrada. Tanto que o perfil de Instagram é “Edílson Jogador”. O motivo: segundo ele, é a rejeição dos evangélicos.

“Edílson Jogador, Capetinha não”, ressaltou o ex-jogador no intervalo do Donos esta semana. “Os evangélicos não estão querendo me seguir por causa do ‘Capetinha’”, explicou. 

Todo domingo, o canal Craque Neto 10 no YouTube publica os melhores momentos dos intervalos do Os Donos da Bola no quadro Por Trás das Câmeras, com os bastidores do programa.

Fonte: Band TV

Postar um comentário

0 Comentários