Não tô nem aí para a Thammy ou para a Natura...



Cansei de falar em meus artigos sobre o quanto o ser humano se esforça para ser idiota, ao gastar tempo e neurônio em torno de coisas que podem muito bem ser ignoradas. Bom, vou aqui ignorar meu próprio conselho e gastar tendões para falar sobre algo aparentemente irrelevante, mas que me é preciso tomar nota. 

A chatice em torno dessa famigerada “cultura do cancelamento” tem tomado proporções apocalípticas. E ela não é algo novo, nem é exclusividade da esquerda, embora esta a monopolize quase em tempo integral. As redes sociais se constituem disso. Se não for para tripudiar sobre algo, geral nem abre a conta. 

A bola da vez é o comercial da empresa de cosméticos Natura, que escolheu para estrelar uma campanha em homenagem ao dia dos pais Thammy Miranda (ou Tommy), um “homem trans”. A ala conservadora direitista foi logo à baia e está até agora promovendo boicote à empresa, pelo fato da mesma ter desonrado tantos pais de família que de fato mereceriam uma justa homenagem por parte do departamento de marketing e tals. 

Quando me deparei com a balbúrdia no Twitter (sempre ele), percebi que a Natura tem muitos clientes conservadores. Nada de errado nisso. O louco é ver que tanta gente que defende a autonomia e liberdade do setor privado criticar a escolha publicitária justamente de uma empresa privada que sabe muito bem o público com o qual está lidando. E aí, questiono: a visão [progressista] da Natura é tão relevante assim para o conservadorismo BR? 

Não vou entrar no mérito da sexualidade da Thammy ou Tommy. O que me irrita é a perda de tempo do conservadorismo quanto a isso. Atos semelhantes já aconteceram com outras empresas. E o tom belicista é sempre o mesmo. Não curtiu o viés ideológico da empresa? Busque outra. Simples assim. Pelo que me consta, ainda há concorrência no mercado. E se o descontentamento com a marca for algo preponderante, a Natura vai sentir isso. 

O que se discute é que a empresa desconsiderou milhões de pais trabalhadores, dedicados à família, que se esforçam todos os dias. Um argumento válido. Mas, tenho que lhe dizer: se a honra devida aos pais deve ser levada em conta nesses dias, comece pelo seu. Respeite, tratando bem, cuide do seu velho. Dê a ele o melhor presente, não o que deu para comprar com que sobrou do seu salário. Trate ele como o melhor pai do mundo. E ignore completamente o que pensa empresa X ou Y. 


ABANDONO 

A celeuma em torno da Natura traz novamente, por parte da esquerda, o questionamento quanto aos milhões e milhões de pais que abandonam seus filhos (como se todos os homens o fizessem). Perguntam: quando estes serão cancelados pelos conservadores? Pergunto de volta: quando a esquerda vai cancelar ícones como Pablo Neruda ou o próprio Karl Marx? Pelo que me consta, eles não foram lá pais assim tão exemplares... 


ANTICRISTO 

A semana começou com a notícia de que o presidente Jair Bolsonaro tem todos os elementos do Anticristo mencionado na Bíblia. A ideia partiu do teólogo marxista Leonardo Boff. Acho muita pretensão. No máximo, o “mito” é um 333 (½ Besta)... 


CURADOS 

De acordo com o Ministério da Saúde nesta terça-feira (28), cerca de 70% dos infectados pelo novo coronavírus no Brasil conseguiram se recuperar da doença. Mas essa notícia, com certeza, você não viu na grande mídia... 


CNBB 

Uma ala, um tanto “progressista”, dentro da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) assinou carta, vasada esta semana, onde entre tantos tópicos, critica a proximidade do atual governo com a ala cristã conservadora, o que feriria a laicidade do Estado. Deixa eu dizer novamente: uma ala marxista dentro da Igreja Católica criticando a união entre Governo e religião. Nada que não tenha já acontecido nos governos Lula e Dilma, né? 


FRASE 

O mal pode ser desfeito, mas não pode ‘transformar-se’ em bem 
C.S. Lewis

Postar um comentário

0 Comentários