Header Ads

ad

Antigo hospital missionário no Irã salvo de demolição

O Hospital Masih (“Messias”) em Kermanshah foi fundado por missionários presbiterianos |FOTO: IRNA

Um hospital fundado por missionários presbiterianos há quase um século recuperou seu status de registro nacional, protegendo-o de uma possível demolição. 

O Hospital Masih (“Messias”), na cidade de Kermanshah, no oeste do Irã, foi um dos vários hospitais e outras instituições fundadas por missionários no início do século XX.

Os missionários foram expulsos do Irã nos primeiros dias da revolução, quando o sentimento antiestrangeiro predominou, mas muitas das instituições que eles deixaram para trás, incluindo o Hospital Masih, continuaram a funcionar sob a nova liderança muçulmana.

O Hospital Masih continuou a funcionar até o final do século passado, mas nas duas décadas desde que ficou vazio, e parecia pronto para ser reconstruído até recuperar seu status de reconhecimento nacional no final do mês passado.

Comentando a decisão, o diretor-geral do Escritório do Patrimônio Cultural de Kermanshah, Omid Ghaderi, disse que o prédio "valioso" e "histórico", projetado pelo renomado arquiteto armênio-iraniano Markar Galstiants, agora estaria protegido.

O prédio havia sido alvo de vários atos de vandalismo nos últimos anos, incluindo uma tentativa de incêndio criminoso em março deste ano.

FONTE: Article18

Nenhum comentário