Header Ads

ad

“Filhos são herança do Senhor”, declara ator da Marvel

Chris Pratt e a esposa, Katherine: “Não poderíamos estar mais felizes. Somos extremamente abençoados" |FOTO: Yahoo!

Na contramão do politicamente correto e do apoio cada vez maior ao morticínio de bebês, o ator Chris Pratt anunciou com grande alegria o nascimento de sua filha, Lyla Maria, com a esposa Katherine Schwarzenegger (sim, a menina é neta do astro Arnold Schwarzenegger). Para artista da Marvel, a vinda de uma criança representa alegria para toda a família, sendo esta uma dádiva de Deus.

Cristão convicto, Pratt publicou em suas redes sociais o nascimento da filha, ocasião em que citou textos bíblicos que representam bem o sentimento atual pela benção da paternidade e da constituição de uma prole sob a graça de Deus. Um dos trechos usados por ele é o Salmo 126: 3, que diz “Grandes coisas fez o SENHOR por nós, e nós estamos cheios de alegria”.

Ele também citou os versículos Salmos 127: 3-4, bastante utilizado como pela pelos movimentos pró-vida. “Eis que os filhos são uma herança do Senhor, o fruto do ventre uma recompensa. Como flechas na mão de um guerreiro são os filhos da juventude. Bem-aventurado o homem que enche sua aljava com eles! Ele não será envergonhado quando falar com seus inimigos no portão”.

A publicação teve o apoio de muitos outros artistas, principalmente do Marvel Cinematic Universe (MCU), como Zoe Saldana (a Gamora de “Guardiões da Galáxia”), que comentou: “Que seu caminho seja abençoado com graça e alegria sempre! Estamos muito felizes por vocês! Enviando muito amor para você”. Zachary Levi, o “Shazam” e que também fez aparições no MCU, escreveu: “Louvor, amém e aleluia”.


Pratt tem também um filho, Jack, com a ex-esposa Anna Faris,  que nasceu prematuro de nove semanas e teve que passar um mês na UTIN. Segundo o ator, em entrevista à revista People, a experiência paterna o ajudou a fortalecer sua fé. E mesmo quando as coisas pareciam assustadoras, o nascimento de Jack foi algo lindo para o então casal.

“A paternidade restaurou minha fé em Deus. Não que ela precisasse ser restaurada, mas realmente a redefiniu”, explicou ele. “O bebê era tão lindo para nós, e eu olho para as fotos dele e deve ter sido chocante para outras pessoas entrarem e vê-lo, mas para nós ele era tão lindo e perfeito”.


Nenhum comentário