Header Ads

ad

Auto denominado "profeta" na Flórida é acusado de assassinar a esposa

O sistema interno de monitoramento da empresa onde a mulher trabalhava revelou o crime cometido pelo "profeta"

Sylvester Ofori, 35, lider do Ministério Internacional Floodgates of Heaven em Orlando e autodenominado "profeta" é acusado de matar a tiros sua esposa Barbara Tommey, 27, do lado de fora da Navy Federal Credit Union quando ela estava prestes a entrar para começar seu dia de trabalho. 

Imagens do sistema interno de vídeo da empresa onde Barbara trabalhava mostra Ofori efetuando os disparos, além de pisotear o corpo da mulher. Ela chegou a ser transportada para o Orlando Regional Medical Center, onde foi declarada morta.

O casal estava separado há três meses e estava em processo de divórcio. O "profeta" tinha 62.000 seguidores no Facebook. Um dia antes do incidente, ele postou no Facebook: “Uma coisa que as pessoas precisam entender sobre pessoas extremamente gentis, legais e amorosas é que o outro lado delas é tão EXTREMO (letras maiúsculas no original)”.

Ofori foi levado sob custódia no apartamento que o casal dividia e agora está detido na prisão de Orange County, sem direito a fiança.

FONTE: Christian News

Nenhum comentário