Header Ads

ad

"Não temo perder a liberdade religiosa. A igreja está florescendo sem ela", diz Pr. Francis Chan

Para Francis Chan, da Cornerstone Church, Deus deu à Igreja uma oportunidade durante a pandemia de crescer e se tornar “profundamente íntima” dEle |FOTO: Parker Young

A pandemia de coronavírus revelou fraquezas na cultura da Igreja ocidental que podem ser resolvidas usando as restrições como uma oportunidade de ir mais fundo com Deus. É o que diz Francis Chan, o fundador da Cornerstone Church em Simi Valley, Califórnia, que agora vive em Hong Kong. Ele diz acreditar que Deus está usando esta crise para despertar os cristãos.

“Olhamos para o status quo e estamos apenas esperando por um momento em que seremos forçados a agir. É quase como se você estivesse treinando, treinando, treinando para alguma coisa e aqui está. Estamos preparados ou não? É um momento em que vejo como o tempo em que os israelitas estavam no deserto ”, disse Chan.

Chan explicou que, embora acredite no debate em curso sobre a liberdade religiosa e se as igrejas devem ser permitidas se reunirem como faziam tradicionalmente antes da pandemia, ele questionou o quão eficaz a Igreja tem sido com a liberdade religiosa em comparação com lugares como a China, onde os cristãos são perseguidos:

Quando você olha para os lugares onde há liberdade religiosa e compara esses lugares onde não há liberdade religiosa, o que temos feito com a liberdade? Isso apenas enfraqueceu a Igreja. Não estou dizendo para não lutar por isso, especialmente se for algo para o qual Deus o chamou. Sou grato pelas pessoas que lutam pela liberdade religiosa. Estou grato por ter isso. Ao mesmo tempo, não tenho medo de perdê-la porque vejo como a igreja está florescendo e como realmente se parece com a Igreja das Escrituras, onde há perseguição. E, novamente, não estou dizendo que estou querendo ou desejando isso. Mas o que eu quero é ver uma Igreja pura onde as pessoas sejam devotadas, sejam sérias e entendam o que significa realmente seguir Jesus. Então podemos realmente ser uma luz para o mundo.

O fundador da Cornerstone Church disse acreditar que Deus deu à Igreja uma oportunidade durante a pandemia de crescer e se tornar “profundamente íntima” dEle. “Deus não nos coloca em uma situação em que não possamos ser profunda, profundamente, íntimos com ele e crescer uns com os outros. Homem, não perca isso”, disse ele.

FONTE: The Christian Post 

Nenhum comentário