Header Ads

ad

Trom­bose pode in­dicar pre­sença de Covid-19, diz artigo

A publicação aponta que pa­ci­ente não tinha pré-dis­po­sição para a do­ença, porém após apre­sentar a mesma em um dos braços, testou po­si­tivo para o vírus |FOTO: Yves Herman

Ci­rur­giões vas­cu­lares li­gados à Uni­ver­si­dade de Miami in­di­caram que a trom­bose pode ser um dos sin­tomas pre­coces da covid-19. Os ci­rur­giões tra­taram de um pa­ci­ente de 67 anos que apre­sentou um quadro de trom­bose sem pos­suir his­tó­rico para a do­ença. Na sequência o pa­ci­ente teve di­ag­nós­tico con­fir­mado para Covid-19.

Se­gundo Tony Shao, em co­mu­ni­cado di­vul­gado pela Uni­ver­si­dade de Miami, o pa­ci­ente tinha um pro­blema agudo no braço, que in­cluía dor, pros­tração e fra­queza. O que se tornou a prin­cipal razão pela qual ele foi ao hos­pital. 

Shao também res­salta que na mai­oria dos casos de óbito dos in­fec­tados pelo vírus, as ne­crop­sias apre­sen­taram mi­cro­trom­bose nas ra­mi­fi­ca­ções san­guí­neas dos pul­mões.  

O prin­cipal autor do es­tudo, Naixin Kang, res­salta que ainda não se sabe como ocorre a trom­bose e pede atenção em casos onde o pa­ci­ente não apre­sen­tava si­nais da do­ença exames de ro­tina. Porém sabe-se que an­ti­co­a­gu­lantes pres­critos por al­guns mé­dicos ao redor do mundo apre­sentam boa re­ação no tra­ta­mento da do­ença. Fato que foi ob­ser­vado pela pneu­mo­lo­gista El­nara Marcia Negri, do Hos­pital Sírio Li­banês e da Uni­ver­si­dade de São Paulo (USP) ao mi­nis­trar um an­ti­co­a­gu­lante à pa­ci­entes com covid-19.

FONTE: Jornal Vera Cruz

Nenhum comentário