Header Ads

ad

Quase metade dos pastores americanos vão votar em Trump, diz pesquisa

Nos últimos quatro anos, Trump tem recebido mais apoio de pastores do que quando concorreu pela primeira vez em 2016 |FOTO: Mandel Ngan

Uma nova pesquisa feita pela LifeWay Research descobriu que mais da metade dos pastores protestantes americanos votarão em Donald Trump na eleição presidencial de 2020. Os resultados apontam que 98% dos pastores votarão nas eleições presidenciais, enquanto 2% não.

A maioria dos pastores norte-americanos tem maior probabilidade de votar no presidente Trump (53%) sobre o candidato democrata à presidência Joe Biden (21%). Enquanto isso, 22% permanecem indecisos, enquanto 4% votarão em outro candidato.

“Os pastores votam como qualquer outro americano”, disse Scott McConnell, diretor executivo da LifeWay Research. “O grande número de pastores que ainda estão indecisos pode refletir a dificuldade em encontrar um candidato que se alinhe com suas crenças gerais. Além disso, alguns pastores são intensamente reservados sobre suas preferências políticas e podem preferir responder 'indecisos' do que compartilhar confidencialmente suas intenções de voto”.

Nos últimos quatro anos, Trump tem recebido mais apoio de pastores do que quando concorreu pela primeira vez em 2016. Uma pesquisa da LifeWay Research na ocasião registrou que 4 em cada 10 pastores estavam indecisos sobre em quem votar em meados de setembro daquele ano.

Aproximadamente 32% apoiavam Trump há quatro anos, enquanto Hillary Clinton tinha 19%. Gary Johnson, o candidato libertário, tinha apenas 4%.

“Houve muitas incógnitas em 2016, incluindo Trump como um candidato estranho e pouca noção de como os outros reagiriam ao apoiar sua candidatura”, explicou McConnell. “Os pastores conhecem suas opções para 2020 e a maioria está disposta a votar nele”.

Com relação às características que os pastores consideram importantes para decidir como vão votar, 70% deles disseram que a visão de um candidato sobre o aborto é uma questão chave. Além disso, 65% acreditam que é importante para um candidato presidencial proteger a liberdade religiosa e 62% disseram que a capacidade do candidato de nomear juízes para a Suprema Corte foi um fator chave.

A pesquisa também descobriu que os pastores acreditam que o candidato deve melhorar a economia (54%) e proteger a segurança nacional (54%).

O caráter de um candidato também é levado em consideração (53%), bem como uma posição sobre a imigração (51%), a capacidade de lidar com a injustiça racial (51%).

Cerca de 47% dos pastores protestantes também dizem que o tamanho e o papel do governo são importantes, enquanto 35% dizem que o candidato deve ser capaz de retardar a disseminação da covid-19.

A Lifeway Research, de Nashville, conduziu sua pesquisa com 1.000 pastores protestantes entre 2 de setembro e 1 de outubro de 2020, usando entrevistas por telefone e online.

FONTE: Christian Headlines

Nenhum comentário