Header Ads

ad

Terroristas incendeiam igrejas durante protestos violentos no Chile

Os terroristas de extrema esquerda incendiaram as igrejas em um ato de “comemoração” ao primeiro ano do “levante socialista” |FOTO: Martin Bernetti/AFP


Neste domingo (18), duas igrejas foram incendiadas e lojas foram saqueadas por extremistas de esquerda durante protestos violentos em Santiago, capital do Chile. Os atos criminosos ocorrem uma semana antes do plebiscito em que os chilenos decidirão se vão mudar ou não a Constituição do país.

Os terroristas de extrema esquerda incendiaram as igrejas em um ato de “comemoração” ao primeiro ano do “levante socialista”. Imagens da televisão de Santiago no domingo mostraram manifestantes mascarados filmando com seus smartphones e aplaudindo, enquanto a torre da igreja ‘La Asunción’ desmoronava em chamas. 

Os terroristas também incendiaram a igreja de São Francisco Borja, que data de meados do século XIX. Felizmente, os bombeiros conseguiram controlar as chamas, evitando que danos maiores destruíssem o templo por completo.

Alguns dos militantes comemoraram o feito nas redes sociais


O referendo para substituir a constituição do Chile de 1980 estava inicialmente marcado para abril, mas foi adiado por causa da pandemia do vírus chinês. Se for aprovado no próximo domingo, o Chile começará um processo de dois anos para escrever uma nova constituição. 

Confira o vídeo da torre da Igreja ‘La Asinción’ desmoronando por causa das chamas:


FONTE: Conexão Política


Nenhum comentário