GEN1K| Igrejas batistas na Austrália lançam ousado projeto de plantação de novas igrejas

A meta é conectar cada igreja a um projeto de plantação e chegar a 1.000 novas igrejas plantadas até 2050 |FOTO: Narara Valley Batist Church

Como forma de alcançar um grande número possível de novas almas ao Reino de Deus por meio do Evangelho, igrejas filiadas à Associação Batista de Nova Gales do Sul, Austrália (NSW/ACT) lançaram neste ano a iniciativa “Gen1K”, visando a plantação de mil igrejas saudáveis até o ano de 2050. 

A meta é conectar cada igreja a um projeto de plantação de igrejas. “Até agora, vimos 38 novas congregações e o número de novas plantações crescendo a cada ano, mas ainda precisamos de mais”, afirma Jamie Freeman, líder da equipe da missão Gen1K.

Ele ressalta que nos próximos cinco anos, a comunidade vai orar por 100 novas igrejas de expressão mista, como igrejas simples, igrejas de bairro, igrejas regionais e de recursos. Isso significará uma Igreja Batista para cada 10.000 pessoas em Nova Gales do Sul até 2050, que esperava ter uma população de dez milhões.

“É óbvio que a realização de uma visão tão ousada requer um número exponencial de plantações de igrejas nos próximos 30 anos. A visão é que todas as igrejas Batistas de NSW e ACT estejam ligadas a um projeto de plantação de igrejas de alguma forma, direta ou indiretamente”, ressalta Freeman. 

A abordagem “Gen1K” dos Batistas é diferente de plantadores de igrejas que se concentram em estabelecer novas igrejas autônomas. A equipe Gen1k também está preocupada em ajudar a tornar as igrejas existentes “saudáveis”, como um meio importante para plantar novas.

Igrejas existentes podem fazer parceria para a missão. Por exemplo, a Igreja Batista do Vale de Narara, no interior da costa central de Nova Gales do Sul, plantou a Greenhouse Church em Long Jetty, cerca de 20 quilômetros de distância na costa. Agora, eles estão trabalhando juntos em sua “Rede de Jardins” com uma visão de 13 igrejas.

As redes vão além dos círculos batistas. A Greater West for Christ é baseada em Minchinbury (oeste de Sydney) e tem uma meta de 100 igrejas espalhadas desde Parramatta  até Blue Mountains.


“Diversidade é a chave”

O movimento Gen1K quer plantar vários modelos diferentes de igreja. Dentro da Igreja Batista, tem havido fortes defensores de diferentes tipos de igreja, desde igrejas "missionais" - que visam métodos inovadores em uma sociedade "pós-cristandade" (muitas vezes com uma vantagem de justiça social) - às igrejas tradicionais, às vezes rotulado como um modelo “atrativo”.

Freeman aponta que a diversidade de igrejas é a principal estratégia da missão da Gen1k. “Diversidade é a chave. Uma economia mista de plantação de igrejas na qual uma variedade de modelos e abordagens funcionam lado a lado é um imperativo estratégico em um contexto australiano diverso e versátil”, disse. 

Uma observação comum dos movimentos de plantação de igrejas - especialmente nos Estados Unidos - é que eles promovem um tipo específico de líder. A Gen1K já rejeitou isso em um documento.

“À medida que expandimos nossa visão de como pode ser uma plantação de igrejas, também precisamos expandir nossa visão de quem pode ser um plantador de igrejas bem-sucedido. Diversas igrejas requerem diversos líderes”, diz a publicação.

FONTE: Eternity News


Postar um comentário

0 Comentários