Câmara promove seminário LGBT exaltando criança “transexual”

 

A tese defendida pelo seminário é a de que para uma criança ser considerada transgênero basta que ela afirme sê-lo |FOTO: Reprodução

Uma criança de 12 anos foi o grande destaque do 9o Seminário LGBT promovido pela Câmara dos Deputados, que aconteceu virtualmente nos dias 8, 9 e 10 de dezembro – informa reportagem de Gabriel de Arruda Castro, para o jornal Gazeta do Povo.

A tese defendida pelo seminário é a de que para uma criança ser considerada transgênero basta que ela afirme sê-lo. Um médico chegou a afirmar que o único papel de médicos e psicólogos é aceitar sem questionamentos e ajudar a fazer a mudança.

Além dos velhos conhecidos da agenda LGBT Maria do Rosário (PT-RS) e David Miranda (foto), do PSOL-RJ, o seminário também contou com a presença de  Júlio César Barbosa, do Coletivo dos LGBT Sem-Terra e da militante transexual Indianare Siqueira, que já foi presa e condenada, na França, por exploração da prostituição.

FONTE: Senso Incomum

Postar um comentário

0 Comentários